Voluntária exercita a “gratidão” com jovens da Unidade Projeto Pescar Aemflo e CDL São José

Neste ano, os jovens da Unidade Projeto Pescar Aemflo e CDL São José, em São José/SC, têm um “momento de espiritualidade”, antes das atividades do dia. Segundo a educadora social, Lucinéia Bernardo, são momentos iniciais (5 min), para reflexão, oração, agradecimentos…

“Por observar que todos temos uma tendência em focar no negativo, sugerimos fazer o “pote da gratidão”, onde cada jovem deposita diariamente os motivos que tem para agradecer. Para iniciar, a voluntária Katia Regina Koerich, que faz o exercício da gratidão diariamente e trouxe a técnica para  a Unidade, inicia o momento. “Ela contou como o fato de ser grata tem transformado sua vida. Conta que uma frase que lhe inspira e que aprendeu em um dos cursos que fez é que ” a vida te dá mais do mesmo.” Quanto mais gratos somos mais coisas positivas recebemos de volta. WhatsApp Image 2017-05-19 at 13.59.16 (1)

Ao final, cada jovem personalizou seu pote para depositar seus motivos de gratidão.WhatsApp Image 2017-05-19 at 13.59.17

“Atitudes que inspiram, envolvem e transformam” ganharam as ruas no Dia Nacional do Pescar

No Dia Nacional do Pescar, 20 de maio, as turmas desenvolveram o espírito do trabalho voluntário em vários espaços das suas comunidades. O tema “Atitudes que inspiram, envolvem e transformam”, ganhou as ruas com a força da interpretação dos jovens. Por meio da arte, da solidariedade e do empenho de todos, foi possível perceber que as grandes transformações só são possíveis com as pequenas atitudes de cada um de nós.
Em 2017, o Projeto Pescar comemora 41 anos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Unidade Unimed Porto Alegre proporciona o apadrinhamento dos jovens atendidos pelo Projeto Pescar

Aprende coisas novas e criar uma relação de amizade e companheirismo com as pessoas da cooperativa. Esses são alguns dos objetivos de Pietra Luane Lima Barcellos, que tem 16 anos e e é uma das jovens da nova turma do Projeto Pescar na Unimed Porto Alegre. Sua grande expectativa é que sua participação no projeto sirva como uma oportunidade de discutir o seu fututo.

Durante o período em que a Pietra estará se dedicando ao programa de Iniciação profissional em Telesserviços, ela vai contar com o apoio da colaboradora Michelle Fonseca, que será sua madrinha. A Michelle espera que o Pescar seja um momento de crescimento para as duas, tanto na área profissional como na pessoal.

“Decidi participar do programa, porque gosto muito de ensinar, mas principalmente, de aprender! Os momentos de troca ajuda na construção da carreira do jovem, que geralmente tem muitas dúvidas nesta etapa, mas também  contribui muito no nosso desenvolvimento. A experiência tem sido fantástica! Em apenas um encontro já pude perceber que a Pietra é extremamente dedicada”, destaca Michelle.
Fonte: Unimed Porto Alegre

b2fba0050353443fa62151561d3d47d7 ca550eacdc8b442b9a2970c26bd43bc7

 

Familiares dos jovens da Unidade Sulgás falam da importância do Projeto Pescar

“Eu e meu filho estamos nos redescobrindo depois que iniciaram as atividades do Projeto Pescar. Hoje somos mais próximos, ouvimos um ao outro, nos respeitamos mais e o melhor de tudo… Ele têm sonhos, ele passou a ter perspectivas de vida, de futuro.”

O relato de uma das mães dos jovens da Unidade Projeto Pescar Sulgás, em Canoas/RS, resumiu um dos impactos da participação dos adolescentes, atendidos pelo Programa. Segundo a educadora social, Gislaine Pereira, as famílias foram questionadas sobre como estão avaliando a presença dos seus filhos no Projeto Pescar, durante a reunião com os familiares: “Estes relatos nos emocionam e vão além do trabalho, pois dão sentido a nossa vida”!

A reunião com os familiares faz parte da programação do Projeto Pescar e é um espaço onde os responsáveis se comprometem com a capacitação. Realizada no dia 3 de maio, a atividade contou com uma palestra sobre saúde preventiva, com o coordenador do Núcleo de Vacinas do Hospital Moinhos de Vento, o médico infectologista, Dr. Paulo Ernesto Gewehr Filho.

Dia Nacional do Pescar é celebrado pelos jovens com ações solidárias

Os preparativos para a comemoração dos 41 anos do Projeto Pescar estão a todo vapor nas Unidades. Os jovens preparam atividades em benefício de suas comunidades e exercitam a cidadania. Abaixo, algumas ações previstas para o dia 20 de maio:

Ceará
Unidade Projeto Pescar Vicunha – em Maracanaú – Os jovens farão uma visita para conhecer e entregar lençóis aos pacientes do Hospital de Dermatologia Sanitária de Antonio Diogo, onde são tratadas as vítimas da hanseníase.

Goiás
Unidade Projeto Pescar Stemac – em Itumbiara – Os jovens pretendem realizar atividades de integração junto aos idosos do Lar Vicentino São Vicente de Paula.

Tocantins
Unidade Projeto Pescar Kenerson GO Eyewear – Palmas – Para comemorar o Dia Nacional do Pescar, os jovens escolheram realizar uma campanha de doação de sangue junto ao hemocentro do município. A turma está mobilizando amigos, parentes, colegas de escola, pessoas do bairro, colaboradores da empresa, para juntos doarem sangue e medula óssea. A coleta será realizada durante à noite, num horário especifico para atender ao Projeto Pescar.

Pará
Unidade Projeto Pescar Laboratório Aliança – Parauapebas – A turma irá promover uma manhã de integração com as pessoas com deficiência visual atendidas na Unidade Jonas Pereira de Melo. Estão previstas atividades de futebol, gincana e jogo de golbol.

Paraná
Unidade Projeto Pescar Associação Kurumi – em Jaguariaíva – Serão realizadas junto ao CREAS das cidades de Jaguariaíva e Arapoti uma campanha de combate a exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes. Estão previstas, apresentação de peça de teatro infantil para crianças da zona rural e urbana da rede municipal de ensino.

São Paulo: Neste link

Santa Catarina: Veja aqui

Rio Grande do Sul: Leia mais
Dia Nacional do Pescar

 

Unidade Projeto Pescar Asun apresenta o Programa para as famílias e a comunidade

O Asun Supermercados iniciou a primeira turma do Projeto Pescar na cidade de Cidreira/RS. Serão 15 jovens em situação de vulnerabilidade social, que terão a oportunidade de desenvolver competências profissionais e pessoais.

As famílias são envolvidas antes do início do Programa, em uma reunião (fotos abaixo), onde os responsáveis legais pelos jovens se comprometem com a capacitação. Com o feedback das reuniões e a mudança de comportamento dos filhos, além do conhecimento, muitos conseguem vislumbrar outras perspectiva de futuro para suas famílias.

Segundo a Supervisora da Fundação Projeto Pescar, Angela Marin Pertile, neste dia, foi possível apresentar o Projeto Pescar para as famílias, realizar a assinatura dos contratos dos jovens e a entrega dos cadernos e dos uniformes.

Mais tarde, houve um encontro de apresentação do Pescar para toda comunidade e autoridades do Litoral Norte. Fotos: Assun

Unidade Projeto Pescar ZF do Brasil visita a Fatec Sorocaba

A Faculdade de Tecnologia de Sorocaba proporcionou uma visão avançada em Tecnologia e Inovação aos jovens do programa de Iniciação Profissional em Manutenção Mecânica Industrial, da Unidade Projeto Pescar – ZF do Brasil. Através de uma visita técnica, realizada no dia 10 de abril, a turma pode conhecer o local.

Inicialmente, foram recepcionados pelo Diretor Dr. Luiz Carlos Rosa, na sala da Congregação da Faculdade, onde receberam informações sobre a Tecnologia para o Brasil e o Mundo. Após assistiram um vídeo institucional e visitaram o Campus acompanhado pelos Coordenadores dos Cursos de Fabricação Mecânica e Projetos Mecânicos, Antonio Garcia Netto e Samuel Mendes Franco, respectivamente.

Em cada ambiente os auxiliares de docente e professores, além da demonstração tecnológica foram possíveis verificar o avanço da tecnologia e os desenvolvimentos em pesquisa e inovação realizados pelos docentes e alunos, comenta o Prof. Garcia. Fonte: Fatec

Unidade Projeto Pescar HERC promove Café com Voluntários

Café com voluntários 06.04.2017Os voluntários a Unidade Projeto Pescar HERC, em Porto Alegre/RS, participaram de um café da manhã especial na manhã do dia 06 de abril. Compartilhamos a história de cada jovem, e antes que cada voluntário iniciasse suas atividades com a turma, eles receberam uma carta escrita por cada aluno contando a expectativa para este ano de 2017 e os sonhos que desejam realizar.

Segundo a educadora social, Morgana Leal da Silva, ao término do encontro os voluntários reuniram-se em duplas e apresentaram a todos os participantes como fariam para auxiliar no desenvolvimento das competências dos jovens do Projeto Pescar. Foi um momento muito rico, de troca e de solidariedade.