Fundação lança o Sistema de Avaliação Pescar – SAP Jovem e o Ambiente Virtual de Aprendizagem

O mercado não se contenta com a média alcançada na escola, e o Sistema de Avaliação Pescar – SAP Jovem prepara o Educador Social para os diferentes momentos de acompanhamento do desenvolvimento de competências pessoais e profissionais dos adolescentes que participam dos cursos socioprofissionalizante da Rede Pescar. Segundo o Facilitador Ademir Schneider, integrante do Comitê de Avaliação, a sociedade não nos estimula a auto avaliação, tão importante quando precisamos ir além: “Nosso Jovem vive numa situação de vulnerabilidade social e, para conquistar seu espaço no mundo do trabalho precisa conhecer seus pontos fortes e a desenvolver. No entanto, diferente de outros adolescentes, esta é muitas vezes, a única oportunidade de construir ou mesmo ‘reconstruir’ seu projeto de vida”, explica.

Celso Antunes (no centro da foto)prestigiou este momento. Da esquerda para a direita: Josiane Kohls, Silvia Ramirez, Ademir e Cristiane

Celso Antunes (no centro da foto)prestigiou este momento. Da esquerda para a direita: Josiane Kohls, Silvia Ramirez, Ademir Schneider e Cristiane Schleiniger

De acordo com a coordenadora do Comitê de Avaliação, Josiane Kohls, a partir deste instrumento, temos a possibilidade de identificar o perfil individual do jovem e da turma, que subsidia o planejamento das aulas, qualificamos o feedback e a construção de planos de desenvolvimento individual e coletivo: “Vai além dos conteúdo, pois pretende responder às demandas e necessidades de acompanhamento do desenvolvimento de competências pessoais e profissionais no Jovem que participa do Projeto Pescar, com vistas à sua inserção, manutenção e ascensão no mundo do trabalho.”

Dando a sequência a programação do Comitê, que lançou o SAP Jovem no Seminário Nacional, com a apresentação de cases desenvolvidos pelas Unidades que participaram do projeto piloto, no dia 18 de agosto, a Regional Porto Alegre, participou de um treinamento presencial, na Unidade Projeto Pescar Saporte e Stemac. Até setembro, as Regional Santa Catarina concluem esta etapa. Em São Paulo, o conteúdo foi trabalhado no 1º Encontro de Educadores Sociais do ano. Haverá edições em setembro e outubro, nas Regionais Interior RS, Metropolitana e Serra. Paraná, Minas-Rio e Nordeste, têm previsão de capacitação em novembro.

Ambiente Virtual de Aprendizagem

O ambiente virtual de aprendizagem desenvolvido para a formação da Rede Pescar foi apresentado pelo Suporte T.I da Fundação, Diego Mesquita, durante o Seminário Nacional. Com a Parceria da Conducere Desenvolvimento Corporativo e Gestum, a plataforma está sendo desenvolvida pelo Comitê de Ensino Aprendizagem, composto por Mesquita, Daniela Felix (Suporte Pedagógico), Mateus Gomes Alves (Suporte Qualificação Inicial), Miriam Buchert (Comunicação) e Simone  Quadros (Suporte Jovem Aprendiz).

Ainda este ano, estará sendo proposto um projeto piloto com Unidades da Rede Pescar, na plataforma: “Pretendemos lançar o ambiente virtual em 2015”, comemora o comitê.

DSC_0037

Da esquerda para a direita: Simone Quadros, Diego Mesquita, Miriam Buchert, Daniela Félix e Mateus Gomes