Reunião com Responsáveis é realizada nas Unidades Banrisul, Bemis e Unimed Porto Alegre

Bemis

Bemis

As famílias são envolvidas durante todo o curso de Iniciação Profissional, em reuniões, onde os responsáveis legais pelos jovens se comprometem com a capacitação. Com o feedback das reuniões e a mudança de comportamento e na postura dos filhos, além do conhecimento, muitos conseguem vislumbrar outras perspectivas de futuro para suas famílias.

Pinhais/PR – Na 2ª reunião de responsáveis, na Unidade Projeto Pescar Bemis, os pais puderam compartilhar suas dúvidas e dicas sobre como manter um diálogo aberto e bilateral com os jovens”. Para Lídia Santana, a participação na reunião trouxe benefícios para o diálogo familiar. “Foi muito bom participar da reunião de pais e responsáveis, fiquei bem informada sobre o que está acontecendo no Projeto Pescar e também como tem acontecido à comunicação e o diálogo entre os pais e filhos.”

DSCN0930

No Banrisul, os pais de Nikolas, Patricia e Juliano, em uma das atividades promovidas pela Unidade

Porto Alegre/RS – No dia 24/08 ocorreu a 3ª reunião de responsáveis na Unidade Projeto Pescar Banrisul. Cerca de 85% dos pais compareceram e participaram ativamente da reunião.

O momento, destaca a educadora social Claudia Fernandes, busca o aperfeiçoamento da relação entre o Projeto Pescar e a família. Segundo Patricia de Oliveira, mãe de Juliano, o Projeto Pescar está indo além do esperado: “Eu já imaginava que seria importante para a formação do meu filho, mas o Nikolas está se desenvolvendo bastante, está tendo êxito e a qualificação trouxe um amadurecimento muito grande.”

Unimed Porto Alegre – No dia 19/08, a cooperativa recebeu os responsáveis pelos jovens para uma atividade especial. “O encontro promoveu uma aproximação muito grande, trazendo uma responsabilização de como melhorar os relacionamentos e manter uma relação harmoniosa”, conta a educadora social Kelly Oliveira.

1

Unimed Porto Alegre

A irmã da jovem Bruna Eduarda Lopes dos Santos, Rachel Lopes, disse que o encontro foi muito produtivo: “Tivemos a oportunidade de compartilhar e escutar as histórias dos outros, o que considero um grande aprendizado. A dinâmica utilizada permitiu uma conexão muito positiva entre o jovem e o familiar presente naquele momento, fortalecendo as relações. Fiquei muito contente em poder participar. ”