Familiares dos jovens da Unidade Sulgás falam da importância do Projeto Pescar

“Eu e meu filho estamos nos redescobrindo depois que iniciaram as atividades do Projeto Pescar. Hoje somos mais próximos, ouvimos um ao outro, nos respeitamos mais e o melhor de tudo… Ele têm sonhos, ele passou a ter perspectivas de vida, de futuro.”

O relato de uma das mães dos jovens da Unidade Projeto Pescar Sulgás, em Canoas/RS, resumiu um dos impactos da participação dos adolescentes, atendidos pelo Programa. Segundo a educadora social, Gislaine Pereira, as famílias foram questionadas sobre como estão avaliando a presença dos seus filhos no Projeto Pescar, durante a reunião com os familiares: “Estes relatos nos emocionam e vão além do trabalho, pois dão sentido a nossa vida”!

A reunião com os familiares faz parte da programação do Projeto Pescar e é um espaço onde os responsáveis se comprometem com a capacitação. Realizada no dia 3 de maio, a atividade contou com uma palestra sobre saúde preventiva, com o coordenador do Núcleo de Vacinas do Hospital Moinhos de Vento, o médico infectologista, Dr. Paulo Ernesto Gewehr Filho.