Regionais Rio Grande do Sul

ABORS realiza ação Pescando Sorrisos no Projeto Pescar

Clique aqui e acesse as fotos

Nesta quarta-feira, dia 22, a Associação Brasileira de Odontologia  – Seccional Rio Grande do Sul (ABORS) realizou o projeto Pescando Sorrisos, tendo como lema “A saúde começa pela boca”, em alusão ao Dia Nacional do Cirurgião Dentista, que é comemorado em 25 de outubro.

Em parceria com o Projeto Pescar, a Associação já havia promovido a ação com unidades específicas do programa em 2007. Este ano, visando atingir mais Jovens, decidiu ampliar o atendimento a outras Unidades, realizando o Projeto Pescando Sorrisos na sede da Fundação Projeto Pescar.

A Gerente de Qualificação e Acompanhamento da Fundação, Silvia Ramirez, falou sobre a importância de ações como essa: “O Projeto Pescar só funciona porque existe uma rede colaborativa em prol desse desenvolvimento completo do jovem, nós não conseguimos fazer isso sozinhos. Precisamos da parceria, no caso da ABORS, para entrar com esse conteúdo, que não é a nossa especificidade”. Silvia ainda falou que o cuidado e a saúde bucal é um conteúdo que precisa ser trabalhado no currículo do Projeto Pescar, pois ele faz parte dos 60% de desenvolvimento pessoal e cidadania que é aplicado durante a formação desses Jovens. Os outros 40% fazem parte da formação profissional.

Nessa nova ação, os Jovens participantes receberam orientações através de palestra sobre os riscos de doenças ocasionadas por falta de cuidado com a saúde bucal e como evitá-las. As palestras foram proferidas por duas doutorandas de Odontopediatria da Ulbra. Logo após os adolescentes atendidos pelo projeto receberam kits de prevenção e foram orientados por alunos e funcionários da ABORS sobre a forma correta de escovação dos dentes.

A Jovem da Unidade Projeto Pescar Soul, Ana Tainá Ferreira, contou que desconhecia algumas informações trazidas na palestra e por isso acha importante ações como a que foi desenvolvida. “A gente não tem certas orientações desde pequeno, nossos pais dão a orientação, mas não desse jeito. No Pescar nós já tivemos palestra sobre isso e às vezes temos vergonha de dizer pra alguém que está com mau hálito, aqui nós aprendemos até como falar isso pra pessoa e como dar opções para ela melhorar”.

O auxiliar de saúde bucal da ABORS, Felipe Borges, que é Egresso do Projeto Pescar, fez questão de ressaltar para os Jovens a diferença que esta experiência trouxe para a sua vida: “O Projeto fez com que eu me tornasse um cidadão. Me deu oportunidades e abriu novos horizontes”.