Jovens da Frameport entrevistam lideranças da empresa nas atividades de empreendedorismo

O que fazem os funcionários da Frameport se ausentarem do ambiente de trabalho? O índice de absenteísmo e seu impacto na empresa foi o conteúdo de parte das vivências de empreendedorismo dos jovens da Unidade Projeto Pescar Frameport, em Caçador/SC, durante o curso de Iniciação Profissional na Área Madeireira. Segundo o educador social, Edson Sidinei Hübner, o diretor industrial Aurelio de Bortolo usou como metodologia de trabalho uma pesquisa sobre este tema realizada pelos jovens com os 12 líderes dos diferentes setores da organização.

Os resultados foram tabulados pela turma, que apresentou em arquivo de excel, conforme aprendizado nas aulas de informática: “A avaliação foi muito positiva de todos os envolvidos e, segundo o diretor, o trabalho servirá como base para um plano de ação da empresa em vista diminuir o índice de absenteísmo, mantendo a continuidade desta pesquisa com novas turmas.”

Este contato com as lideranças tem sido muito motivador para os jovens: “Além do diretor ter compartilhado a sua história, a turma pode perceber a importância e a contribuição da pesquisa, se sentindo integrada à empresa.”