Regional Paraná

Jovens usam redes sociais para falar do Encontro de Jovens

Os  jovens, educadores sociais e voluntários usaram as redes sociais para divulgarem a sua satisfação com a participação no Encontro de Jovens. O evento é promovido anualmente pela Fundação Projeto Pescar, com o objetivo de trocar experiências entre as turmas e exercitar o que elas aprendem nos cursos de Iniciação Profissional.

Caxias do Sul/RS – Na Unidade Projeto Pescar Intral, o educador social Giorgio Olivieri, dividiu os jovens em grupos para escreverem um agradecimento. O resultado foi tão bom, que publicou todos na página da Unidade. Abaixo, dois deles:

” Nós da Unidade Intral gostaríamos de agradecer e parabenizar aos organizadores e voluntários da Fundação Projeto Pescar, por realizarem o Encontro de Jovens das Unidades da Regional Serra. Obrigada por nos proporcionarem um encontro com novas pessoas e a oportunidade de interagirmos com atividades que não sejam o uso de celular.”

“Agradecemos à Fundação Projeto Pescar pelas diversas atividades, principalmente o rale-duro, a tirolesa e o arvorismo, que são atividades completamente diferentes e que nos encorajam a deixar o  nosso medo para trás. Também achei legal que todos nós nos ajudamos bastante na hora de passar pelos obstáculos, interagimos com pessoas que não conhecemos e realizamos atividades perigosas com segurança. A Palavra da Vida é um lugar muito bom de ir para se divertir e para fazer novas amizades.”

Parauapebas/PA – A integração e o pertencimento ao Projeto Pescar, estão presentes em cada post dos jovens. No Laboratório Aliança o sentimento de família:3

Mais comentários dos jovens da Rede Projeto Pescar:

4

Regional Interior RS – A educadora social, Carla Marcarini, usou o facebook para agradecer o apoio dos voluntários no evento:
carla marcarini

Quer saber mais? Vai na #encontrojovensprojetopescar

Para a Supervisora de Unidade, Raquel Amaral, o Encontro das Regionais Serra e Interior RS, foi excelente, pois o dia estava lindo e os jovens aproveitaram bastante: “Eles se integraram, gostaram muito das atividades, foram bastante respeitosos e estavam dispostos a nos ouvir nos momentos em que precisamos reforçar as regras, então foi muito positivo ver o resultado do trabalho realizado nas Unidades através do comportamento e da postura dos jovens durante o evento.”