Jovens das Unidades Consolação e Fisa têm prosa e verso publicados em livro do Fogap

A Superintendência Regional do Ministério do Trabalho do Rio Grande do Sul, o Ministério Público do Trabalho da 4ª Região, o Fórum Gaúcho da Aprendizagem e o Fórum de Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente publicaram um livro com os trabalhos dos jovens participantes dos concursos de prosa, verso e imagem e do Fogap da Canção Gaúcha.

Na publicação, destaque para o trabalho de dois jovens do Projeto Pescar, moradores de Caxias do Sul/RS, e participantes de cursos socioprofissionalizantes nas Unidades Consolação e FISA. Confira:

UM SONHO DE SER CRIANÇA
Deivid Antonio Rosa da Costa – 17 anos
Unidade Projeto Pescar Consolação

Trabalho infantil: uma história que vem de longe.
Seria uma forma de violência? Talvez a mais cruel delas?
A violência rouba o que a criança tem de mais precioso. O direito de ser de viver como criança, o olhar triste de humilhação e de vergonha de nossas crianças vítimas do trabalho infantil, clama por justiça, por uma ajuda que demora a chegar, por uma palavra de amor e carinho.
Parece óbvio que crianças sofrem sem receber qualquer ajuda, sem receber um pedaço de pão. Qual o sentido da vida se não fazemos o que é necessário para o futuro do mundo ou pelo menos o futuro de crianças abusadas diariamente, não apenas como mão de obra, mas também para o prazer de um ser humano sem coração.
Tem coisas que não voltam atrás, assim como “um minuto”. Em um minuto, muitas coisas acontecem, uma flor pode perder as suas pétalas, uma história pode chegar ao fim e uma lágrima pode cair e afastar um sorriso. Em vários momentos, um minuto pode parecer pouco, mas para quem tem sede de justiça, um minuto é o sofrimento de uma eternidade.
“Eternidade”é a palavra que define a dor por não ser amado.
Um minuto é tudo que preciso para realizar um sonho, sonho de ser livre, de ser amado, de ser criança.

REALIDADE CONTURBADA
Lucas Antônio Nissola Erdmann – 18 anos
Unidade Projeto Pescar FISA

Vamos falar hoje, da menina Juliete
Trabalha pros adultos igual marionete
e aqui na rima eu falo insanidade
Só que o povo brasileiro não curte a verdade
Enquanto crianças jogam bola de pé no chão
No semáforo eu faço malabares de pés descalços
Se minha infância deveria ser empinar pipa e jogar taco
Por que eu me criei juntando tabaco?
Se sobreviver é viver na exploração infantil
Todos tratados como bicho
A maioria dos bebês achados no lixo
Falando de criança vamos parar pra pensar
Elas vão ajudar ou prejudicar
No mundo lá fora eu sei que é muita dor
Mas temos sentimentos, vamos expor o amor
E das pessoas guardar menos rancor
O mundo é cheio de cores
Pare de dar socos e passe a dar flores

 

Jovens da Unidade AEMFLO e CDL-SJ conquistam premiação no 17º Dazideia.

Um evento inovador que promove o intercâmbio de informações entre empreendedores, acadêmicos e pessoas de todas as áreas com o objetivo de apresentar e validar novas ideias de negócio no mercado. Este foi o 17º Encontro Dazideia Florianópolis, realizado pela primeira em São José, com o apoio da Prefeitura.

Durante a edição, os jovens da Unidade Projeto Pescar Aemflo e CDL São José apresentaram três projetos, desenvolvidos sob a orientação dos voluntários Vanessa Milis e Rodrigo Dias. “O premiado foi o Stadium Food (APP para arenas e estádios). Os outros dois, Lit Pet e Império Cupcake, receberam feedbacks bem positivos também”,conta a educadora social, Lucinéia Bernardi.

Mais – O evento ocorreu na noite desta terça-feira (8), na sede da Associação da Empresarial da Região Metropolitana de Florianópolis – Aemflo/CDL-SJ, e contou com a participação de quase 50 pessoas entre empresários, estudantes e interessados em conhecer e investir em novos negócios. WhatsApp Image 2017-11-08 at 20.31.48

WhatsApp Image 2017-11-09 at 15.31.51

Fundação Projeto Pescar participa da 2ª Feira da Aprendizagem Profissional

A Fundação Projeto Pescar e a empresa AGCO participaram da  2ª Feira da Aprendizagem Profissional, realizada nos dias 30 e 31 de outubro, em Porto Alegre/RS. O evento foi  promovido pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Estado (SRTE RS), por meio do Fórum Gaúcho de Aprendizagem Profissional (Fogap) e do Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Fepeti).

ff8b1e83-b3db-4b4c-90aa-f37749fa8375

A empresa AGCO é mantenedora institucional da Fundação Projeto Pescar e oferece vagas para jovens em situação de vulnerabilidade social em três Unidades do Projeto Pescar, nos municípios de Canoas/RS, Santa Rosa/RS e Mogi das Cruzes/SP

a3be5ff6-bc70-4390-bf87-b4ebe7906882

Turma da Soul visitando a Feira da Aprendizagem

4599a155-a5e3-4a76-a798-304e30e19a84

Representantes da Fundação Projeto Pescar, Vinicius de Almeida Americo e Fernanda Zimpel, com a coordenadora geral do Fórum Gaúcho de Aprendizagem Profissional, Denise Natalina Brambilla Gonzalez

 

Com o tema ‘Aprendizagem: aprimorando a profissionalização e combatendo o trabalho infantil’, foi possível chamar a atenção da sociedade sobre a importância deste tipo de programa na formação dos jovens, antes do ingresso no mundo do trabalho. Vinicius de Almeida Americo (Suporte aos Conselhos) e Fernanda Zimpel (Suporte Jovem Aprendiz) participaram do espaço dedicado para as entidades formadoras  da Aprendizagem Profissional.

 

 

Fundação Projeto Pescar promove imersão dos colaboradores da equipe sede

Nesta semana, a Fundação Projeto Pescar está realizando uma imersão, nome dado para a capacitação interna da equipe sede. Este espaço de qualificação tem como foco a formação para as atividades dos Supervisores de Unidade e Coordenadores, no acompanhamento e atendimento às melhorias implantadas no Programa Social Pescar.

Em agosto e setembro deste ano, os educadores sociais foram capacitados num Encontro Nacional, que deu a largada para a 2ª fase do Projeto IntegrAção. Agora, a equipe sede está se qualificando e consolidando procedimentos para a execução e monitoramento das atividades para o próximo ano.

Projeto IntegrAção – Projeto Pescar rumo aos próximos 40 anos – Irá integrar os processos, indicadores e metodologia, de maneira a criar uma grande e organizada gestão do conhecimento, possibilitando a qualificação permanente e sustentável das pessoas e organizações envolvidas com o Projeto Pescar.

Numa das etapas do trabalho, foi realizado o Círculo de Construção de Paz, com a mestre em psicologia social, Cristiane Schleiniger

Numa das etapas do trabalho, foi realizado o Círculo de Construção de Paz, com a mestre em psicologia social, Cristiane Schleiniger

2 3

Encontro de Jovens no Laboratório Aliança têm a participação de Egressos

Atividades com desafio e cooperativismo fizeram parte da programação do Encontro de Jovens na Unidade Projeto Pescar Laboratório Aliança. Realizado no último dia 28/10, em Parauapebas/PA, o evento reuniu os jovens atendidos e os egressos.

Segundo a educadora social, Meg Sá Santos, houve muita animação durante a execução das tarefas além da integração entre eles. Para o jovem Jucinaldo, o ponto alto foi a “alegria e a simplicidade dos egressos, que interagiram muito com eles.”

Jovens do Banrisul participam de concerto no Theatro São Pedro

Os jovens da Unidade Projeto Pescar Banrisul, em Porto Alegre/RS, tiveram uma experiência cultural bem diferente na tarde do dia 17 de outubro. Eles participaram dos Concertos Banrisul para Juventude no Theatro São Pedro, em Porto Alegre. Mais de mil alunos de 18 escolas assistiram à Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro.

Sob a dinâmica lúdica e interativa do maestro Antônio Carlos Borges-Cunha, compositores como Mozart, Vivaldi, Bach, Carlos Gomes, Villa-Lobos, Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Toquinho e Marcos Valle, fizeram parte da seleção musical. A garotada teve a chance de diferenciar, por exemplo, instrumentos de corda, como violino, viola, violoncelo e contrabaixo.

“Os Concertos Banrisul para Juventude é um importante projeto patrocinado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul, que consiste em 12 apresentações a cada ano, como a realizada hoje”, salientou o maestro Borges-Cunha. Ele transmitiu, ainda, palavras de incentivo e motivação aos alunos interessados em aprender a tocar um instrumento musical.

A educadora social Cláudia Fernandes, da Fundação Projeto Pescar, acompanhou a turma e avaliou o evento. “Achei o espetáculo maravilhoso, a cada ano ele se renova. Acredito que os jovens saíram daqui totalmente diferentes de quando chegaram. Percebi muita emoção e brilho no olhar deles”.

Os jovens José Henrique, Cláudia e Emanuele ficaram encantados e emocionados com a apresentação. Para eles, foi uma oportunidade única de conhecer novos instrumentos, de participar de um evento cultural e de relembrar músicas da infância.

A cantora Anna Lira, de 10 anos, que participou do programa de TV “The Voice Kids”, cantou a música “Estrela, Estrela”, de Vitor Ramil. Ao final da performance, foi a vez de todos os jovens presentes ao teatro cantarem, juntos, a música “Fico Assim Sem Você”, de Adriana Calcanhoto.

A temporada de 2017 dos Concertos Banrisul para Juventude vai encerrar no dia 21 de novembro, com duas apresentações, às 10h e 15h.

Os jovens do Pescar Banrisul, com a cantora mirim Anna Lira (ao centro), que participou do programa “The Voice Kids 2017”.

Jovens do Banrisul, com a cantora mirim Anna Lira (ao centro), que participou do programa “The Voice Kids 2017”

Fonte: Assessoria de Imprensa do Banrisul

Unimed Porto Alegre promove Maratona de Ideias com os jovens e egressos da Unidade Projeto Pescar

A Unimed Porto Alegre reuniu os jovens e egressos das turmas de 2015, 2016 e 2017 da Unidade Projeto Pescar para a 1ª Maratona de Ideias Pescar. Foram quatro mesas de trabalho, que geraram 169 ideias. Algumas delas foram selecionadas e apresentadas a uma banca composta por membros da Fundação Projeto Pescar.

Como você imagina o Projeto Pescar daqui a 10 anos? Esta foi a pergunta que permeou os trabalhos dos grupos e resultou num momento de muito aprendizado. Para a educadora social, Kelly Oliveira, o evento, inspirado num modelo que vem sendo utilizado atualmente por grandes empresas, chamado Hackathon, foi muito gratificante: “Tivemos uma tarde maravilhosa, onde conseguimos perceber os jovens sendo protagonistas.”

 

Jovens usam redes sociais para falar do Encontro de Jovens

Os  jovens, educadores sociais e voluntários usaram as redes sociais para divulgarem a sua satisfação com a participação no Encontro de Jovens. O evento é promovido anualmente pela Fundação Projeto Pescar, com o objetivo de trocar experiências entre as turmas e exercitar o que elas aprendem nos cursos de Iniciação Profissional.

Caxias do Sul/RS – Na Unidade Projeto Pescar Intral, o educador social Giorgio Olivieri, dividiu os jovens em grupos para escreverem um agradecimento. O resultado foi tão bom, que publicou todos na página da Unidade. Abaixo, dois deles:

” Nós da Unidade Intral gostaríamos de agradecer e parabenizar aos organizadores e voluntários da Fundação Projeto Pescar, por realizarem o Encontro de Jovens das Unidades da Regional Serra. Obrigada por nos proporcionarem um encontro com novas pessoas e a oportunidade de interagirmos com atividades que não sejam o uso de celular.”

“Agradecemos à Fundação Projeto Pescar pelas diversas atividades, principalmente o rale-duro, a tirolesa e o arvorismo, que são atividades completamente diferentes e que nos encorajam a deixar o  nosso medo para trás. Também achei legal que todos nós nos ajudamos bastante na hora de passar pelos obstáculos, interagimos com pessoas que não conhecemos e realizamos atividades perigosas com segurança. A Palavra da Vida é um lugar muito bom de ir para se divertir e para fazer novas amizades.”

Parauapebas/PA – A integração e o pertencimento ao Projeto Pescar, estão presentes em cada post dos jovens. No Laboratório Aliança o sentimento de família:3

Mais comentários dos jovens da Rede Projeto Pescar:

4

Regional Interior RS – A educadora social, Carla Marcarini, usou o facebook para agradecer o apoio dos voluntários no evento:
carla marcarini

Quer saber mais? Vai na #encontrojovensprojetopescar

Para a Supervisora de Unidade, Raquel Amaral, o Encontro das Regionais Serra e Interior RS, foi excelente, pois o dia estava lindo e os jovens aproveitaram bastante: “Eles se integraram, gostaram muito das atividades, foram bastante respeitosos e estavam dispostos a nos ouvir nos momentos em que precisamos reforçar as regras, então foi muito positivo ver o resultado do trabalho realizado nas Unidades através do comportamento e da postura dos jovens durante o evento.”

 

Encontro reúne Egressos e Jovens na Unidade Kenerson GO Eyewear

O Encontro de Jovens na Unidade Kenerson GO Eyewear, em Palmas/TO, foi realizado no dia 21 de outubro e teve a participação dos Egressos da 1ª turma da Unidade Projeto Pecar. Na  programação, conta o educador social, Jorge Issao Zensque, momentos de lazer, recreação e um saboroso churrasco. 

Os Encontros de Jovens são realizados em todo o país e integram os participantes do Projeto Pescar. Assim, eles podem trocar experiências, conhecer gente nova, se divertir e exercitar o que aprenderam ao longo do curso. As atividades são coordenadas por Supervisores de Unidade, Educadores Sociais, Voluntários e Parceiros: “Neste, em especial, três voluntários prepararam o almoço.”3

2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1

Tenha o tema do Projeto Pescar na sua foto do Facebook ou no Twitter

Colocar o filtro do Projeto Pescar no Facebook
1º passo)  Entre neste link, e clique em “Add to Facebook“:

2

 

2º Passo) Na próxima tela clique em “Add the Twibbon to Facebook“:

1

 

3° Passo) Agora clique em “Set as your Facebook profile picture“;

4° Passo) Por fim ajuste a frase com a sua foto de um modo em que fique visível a mensagem, depois de ajustado clique em “Salvar“:

5º Passo) Defina como a imagem de perfil e faça a aplicação de atualização de foto

3

Pronto! Você já está apoiando a causa.

Curta a nossa página no Facebook para continuar acompanhando as novidades diariamente.