Educadora social da Stemac pede aos jovens que não deixem os momentos de indecisão prevalecerem em suas vidas

Quinze jovens da Unidade Projeto Pescar Stemac, em Itumbiara/GO, receberam o diploma do curso de Iniciação Profissional em Eletromecânica na cerimônia de certificação, realizada em dezembro (6).  A educadora social, Carlla de Freitas Sorenti , citou Beethoven, durante o agradecimento aos familiares, voluntários, familiares, apoiadores e parceiros:  “Nada é suficientemente bom. Então vamos fazer o que é certo, dedicar o melhor de nossos esforços, para atingir o inatingível, desenvolver ao máximo os dons que Deus nos concedeu, e nunca parar de aprender.”

Aos jovens, Carlla fez questão de salientar que a vida não é tão fácil: “Viver não é só sorrir. A lagarta rasteja muito para evoluir e se transformar em borboleta e voar por aí. E muita gente deixa de voar por criar bloqueios pelo se.. e se … e se.., deixando vencer a indecisão…” Citou a necessidade de se renovar, seguir em frente, se arriscar, se preparar, não cair ao parar, se levantar, se refazer, se entender, se conhecer, chorar, agradecer, se desfazer da preguiça e da covardia. Do quanto é importante se encantar com a chance de viver um novo dia, se amar e ser amor, se apaixonar, se querer bem, errar, tentar e não deixar de sonhar.

 

Gratidão marca certificação da Unidade Projeto Pescar Vicunha Têxtil

Nós sabemos o quão difícil foi chegarmos até aqui; sabemos como foi espinhoso todo esse nosso caminho. No decorrer do tempo alguns ficaram estressados, entediados, sobrecarregados, e outros infelizmente até pensaram em desistir, mas tinha algo, e ainda tem, em meio a esse grupo, que mesmo com todas as divergências que tínhamos e que continuamos a ter… O que sempre prevaleceu em meio a essa turma, que de contra partida posso chamar de família, foi, é, e sempre será, a UNIÃO.

Ao chegarmos aqui, de um milhão de coisas que se passavam em nossas cabeças, a única que sempre prevalecia era a dúvida. Tínhamos dúvidas sobre tudo; a incerteza caminhava constantemente lado a lado conosco, mas conforme o tempo foi passando, posso dizer que Deus colocou mestres em nossas vidas, que fizeram com que transformássemos todas as nossas dúvidas em certezas.

E é perante a todos que posso afirmar com convicção que ontem éramos crianças, então pensávamos e agíamos como crianças, mas hoje por intermédio de vocês, voluntários, professores, anjos, seja o que forem, HOJE SOMOS ADULTOS.

Muitas  vezes, todos nós, da 13ª turma da Unidade Projeto Pescar Vicunha Têxtil, chegamos a pensar que todas as lutas, todos os desafios e tribulações da vida acabariam a partir do momento em que viéssemos a concluir um curso quer seja básico ou superior, mas pelo contrário, pois é a partir daí que começam os desafios. Porém é sem sombra de dúvidas, que posso afirmar que todos nós, graças ao Projeto Pescar e a Vicunha Têxtil estamos mais… Mais do que preparados, para todos os desafios que a vida há de nos trazer.

Trecho do discurso do jovem João Pedro de Paulo Souza, na cerimônia de certificação da 13ª turma da Unidade Projeto Pescar Vicunha Têxtil, em Maracanaú/CE

Jovens do Instituto Solidare participam do programa Empresário Sombra

Durante o mês de novembro, os jovens da Unidade Projeto Pescar Instituto Solidare participaram do Programa Empresário Sombra, da Junior Achievement. Neste programa, cada jovem pôde vivenciar, durante um dia, a rotina de um colaborador da Gerdau Açonorte, em Recife/PE, sendo orientados e participando das atividades do profissional que o acolheu.WhatsApp Image 2017-11-23 at 21.10.46 (1) WhatsApp Image 2017-11-23 at 21.10.46 WhatsApp Image 2017-11-24 at 17.54.49

Jovens da Vicunha Têxtil aprofundam conceitos de logística em visita técnica ao Porto do Pecém

“É grandioso, é fantástico e inesquecível, eu já me vejo trabalhando lá daqui há poucos anos”, declarou o jovem João Pedro, da Unidade Projeto Pescar Vicunha Têxil, em Maracanaú/CE, após a visita técnica realizada no Porto do Pecém. O local, que hoje ocupa o 2º lugar no ranking de desempenho dos portos brasileiros, foi mais uma vez o cenário de uma aula inesquecível na vida dos jovens da 13ª turma.

Para o educador social, Rubens Ubiratan, esta agenda já faz parte do calendário anual do Projeto Pescar, porque o complexo industrial e portuário proporciona um espaço para relacionar os conteúdos de logística abordados durante o curso de Iniciação Profissional em Manutenção Mecânica Industrial.

Encontro de Jovens no Laboratório Aliança têm a participação de Egressos

Atividades com desafio e cooperativismo fizeram parte da programação do Encontro de Jovens na Unidade Projeto Pescar Laboratório Aliança. Realizado no último dia 28/10, em Parauapebas/PA, o evento reuniu os jovens atendidos e os egressos.

Segundo a educadora social, Meg Sá Santos, houve muita animação durante a execução das tarefas além da integração entre eles. Para o jovem Jucinaldo, o ponto alto foi a “alegria e a simplicidade dos egressos, que interagiram muito com eles.”

Encontro reúne Egressos e Jovens na Unidade Kenerson GO Eyewear

O Encontro de Jovens na Unidade Kenerson GO Eyewear, em Palmas/TO, foi realizado no dia 21 de outubro e teve a participação dos Egressos da 1ª turma da Unidade Projeto Pecar. Na  programação, conta o educador social, Jorge Issao Zensque, momentos de lazer, recreação e um saboroso churrasco. 

Os Encontros de Jovens são realizados em todo o país e integram os participantes do Projeto Pescar. Assim, eles podem trocar experiências, conhecer gente nova, se divertir e exercitar o que aprenderam ao longo do curso. As atividades são coordenadas por Supervisores de Unidade, Educadores Sociais, Voluntários e Parceiros: “Neste, em especial, três voluntários prepararam o almoço.”3

2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1

Egressos das turmas de 2014 a 2017 se reúnem com jovens da Vicunha Têxtil em Encontro Regional

O Encontro Regional de Jovens na Unidade Projeto Pescar Vicunha Têxtil, em Maracanaú/CE, foi um momento de reencontro, troca de experiências e diversão!!! Para o educador social, Rubens Ubiratan Costa, reunir os representantes das turmas de 2014 a 2017, com os jovens da turma atual, é muito positivo para a formação:

“O egresso é como um espelho que reflete onde o jovem atual pode estar daqui a um ano ou dois, porque todos têm uma história muito parecida e vivenciam praticamente as mesmas realidades. Dessa forma o jovem tem o exemplo de um colega que terminou o projeto em 2014 e hoje é um bombeiro hidráulico na empresa, enquanto o outro que concluiu no mesmo ano, teve as mesmas oportunidades, continua desempregado!!!”

Para o egresso Raimundo Nonato, que concluiu o Projeto Pescar em 2015, este momento foi muito importante: “Rever alguns amigos e perceber que as atitudes deles deram bons resultados e hoje eles estão muito bem, me fez perceber que eu tive as mesmas oportunidades e fiquei parado no tempo, mas que nunca é tarde para correr atrás. ”

Na programação do evento, realizado na manhã do dia 13/10, integração, atividades esportivas e desafios, com a temática do ano: “Atitudes que inspiram, envolvem e transformam.”

 

Unidade Stemac reúne egressos e jovens em Encontro Regional

Por ser a única Unidade no estado de Goiás, a Stemac promoveu o Encontro Regional de Jovens reunindo egressos e a turma atual do Projeto Pescar. A jovem Letícia Nascimento Lopes saiu animada do evento: “Eles compartilharam muitas dicas e o que fizeram quando o curso terminou, inclusive um, que continuou trabalhando na empresa.”

A turma está em período de vivências o que traz um novo ritmo as atividades do programa de Iniciação Profissional em Eletromecânica: “Estou amando, porque é algo totalmente novo, com processos que eu nunca vi. Realizar as atividades na correria e conhecer de perto a rotina da empresa nos mostra o quanto precisamos ter responsabilidade, pois o trabalho é como o corpo de todos nós, onde cada parte é muito importante. ”

Lucas dos Santos, colega de Leticia, já está organizando o seu futuro. Investe o recurso do jovem aprendiz num curso técnico em mecânica e trabalha para desenvolver a sua comunicação: “Quando eu entrei no Projeto Pescar, a Carlla, nossa educadora social, me incentivava a falar, pois eu era muito calado e tinha dificuldade para me enturmar e conhecer pessoas novas. Três egressos que estiveram no Encontro de Jovens disseram que tinham o mesmo problema que eu e me deram dicas. Eu tenho conseguido evoluir bastante e quero crescer ainda mais, pois a comunicação é fundamental no mundo do trabalho.”

No evento, os jovens realizaram a apresentação compondo uma rede, onde cada integrante contava um pouco da sua história, a turma em andamento apresentou uma peça de teatro e houve um momento de integração.

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

Unidade Laboratório Aliança e Secretaria de Assistência Social se unem para cadastrar famílias do Projeto Pescar

No dia 20 de setembro, as famílias dos jovens da Unidade Projeto Pescar Laboratório Aliança, em Parauapebas/PA, foram convidadas a participar de um momento de cadastramento e atualização do Cadastro Único. A educadora social, Maria da Guia Sá, conta que a ação foi necessária em virtude da localização das residências dos jovens, que não está na área de cobertura dos  Centros de Referência de Assistência Social (Cras): “O momento foi muito significativo para as famílias.”

 A parceria com a Secretaria de Assistência Social possibilitou a prestação de serviços com horário previamente agendado, esclarecendo dúvidas e com prestação de serviço, além de resolver situações burocráticas próprias do Sistema do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

Jovens da Vicunha Têxtil apresentam rotina e estrutura do Projeto Pescar para os responsáveis

Na manhã do dia 13/07, a Unidade Vicunha Têxtil, em Maracanaú/CE, realizou um café da manhã para os responsáveis pelos jovens do Projeto Pescar. Segundo o educador social, Rubens Ubiratan, a turma se dedicou a mostrar para os familiares toda a estrutura e a rotina do programa de Iniciação Profissional em Mecânica Veicular: “A articuladora Pauline Pinheiro me acompanhou neste momento e os responsáveis deixaram bem claro para nós, o quando o Projeto Pescar vem proporcionando alegrias e melhorias para a vida de seus filhos. Foi muito gratificante.”

As famílias são envolvidas antes do início do programa, em uma reunião, onde os responsáveis legais pelos jovens se comprometem com a capacitação. Com o feedback das reuniões e a mudança do comportamento dos filhos, além do conhecimento, muitos conseguem vislumbrar outras perspectivas de futuro para suas famílias.