Egressa Cassiane Aparecida Paim Pacheco

“Gratidão! Essa palavra, para mim é, sinônimo de Projeto Pescar!
Entrei na Unidade Paróquia São José no ano de 2016. Estava cursando o 2º ano do Ensino Médio e buscava alguma forma de trabalhar, quando o Projeto Pescar surgiu na minha vida!
Confesso que quando me inscrevi para entrar no curso tinha como objetivo receber o salário de Jovem Aprendiz, mas em questão de dias esse pensamento mudou completamente e eu já estava em busca de conhecimento, disciplina, amizade e oportunidade!
Lá era meu lugar favorito, onde eu me encontrava. Estudava no turno da manhã e ia direto para o curso, almoçava na Unidade e durante as tardes havia uma variedade de atividades, como aulas de música, de inglês, informática, orientação vocacional, matemática, LID e Metrologia, vivências práticas, visitas em empresas e uma diversidade de palestras que tinham por objetivo nos motivar e mostrar que podemos chegar aonde queremos, basta querer! E o que mais me encanta é saber que tudo isso envolve voluntários e é feito com muito amor!

Cassiane é a segunda jovem, da esquerda para à direita

Dei o meu melhor porque sabia que a partir das minhas atitudes surgiriam oportunidades. Em 2017, inicie o curso de auxiliar de logística no SENAI, que o Projeto Pescar divulgou e me mostrou como mais uma oportunidade.
Em agosto de 2017 recebi uma ligação da educadora Rosângela, dizendo que tinha uma oportunidade de estágio e que se eu me interessasse era para eu ir até o projeto que ela me passaria as informações. Meia hora depois eu estava lá e foi assim que eu inicie meu estágio no setor financeiro da empresa Tabone!
Foi uma época difícil, Senai no turno da manhã, estágio a tarde e à noite estava terminando o ensino médio. Umas das certezas que o Projeto Pescar me passou foi a de que se eu queria ser alguém na vida, o cansaço, a correria e a dedicação seriam necessários para essa conquista.
Hoje, sou estagiária de ensino superior na empresa Tabone e sou acadêmica do curso de Ciências Contábeis na Universidade de Caxias do Sul – UCS.
Aos meus colegas do Projeto, gratidão! Por me ajudar, me incentivar e sempre estar ali para mostrar que eu tinha com quem contar, gratidão pelas amizades verdadeiras que duram até hoje.
Aos Voluntários e Palestrantes! Gratidão, por me mostrar a luz que eu tenho dentro de mim, gratidão pelo tempo que passaram conosco, gratidão por tudo que nos ensinaram com tanto amor e carinho. O meu muito obrigado por cada momento compartilhado, cada dificuldade passada em forma de aprendizado! Eu garanto que cada palavra e história de superação são lembradas até hoje e são usadas como forma de motivação por nós alunos!
Aos educadores, meus amores! O que sinto por vocês não tem preço! Obrigada pelo imenso amor que recebemos de vocês! Obrigada pela paciência, compreensão e confiança!
Profe Rosângela, obrigada por me fazer realizar a mesma atividade três vezes seguidas, com isso aprendi que devo dar meu melhor em qualquer coisa que faço pois o contrário disso pode fazer com que outras pessoas paguem com meu erro (como a turma toda ter que esperar para sair enquanto eu terminava a atividade).
Profe Casemiro obrigada por ter me advertido quando eu desobedeci a regra, isso me ensinou que regras são feitas para cumprir e eu aprendi que se não cumprir posso trazer grandes consequências para minha vida.
Gratidão ao Projeto Pescar e meu muito obrigada por me tornar a mulher que sou hoje.”
✔️Cassiane Aparecida Paim Pacheco
✔️Egressa da 5ª turma do Projeto Pescar Paróquia São José
✔️ Estagiária do setor financeiro na Empresa Tabone Indústria e Comércio de Plásticos Ltda

Fonte:

https://www.facebook.com/209720523136543/photos/a.210095296432399/335340440574550/?type=3&theater