Unidade Projeto Pescar Metso certifica novos auxiliares de mecânica industrial em Sorocaba

Parceira da Fundação Projeto Pescar há 26 anos, a Metso é uma empresa que sempre acreditou nos jovens: “A educação é um dos pilares para melhorar a nossa realidade e a de quem está ao nosso redor. O projeto cria oportunidades reais de transformação. Priorizamos o resgate da cidadania e a formação de competências pessoais e profissionais, para que estejam mais preparados ao ingressar no mercado de trabalho. É muito gratificante poder ver, como resultado deste trabalho, jovens ativos profissionalmente, impactando a transformação em que tanto acreditamos”, explica o vice-presidente sênior de RH – Pedro Maximino Conceição Macedo.

Em dezembro (13), durante a certificação, o momento foi o de reafirmar este compromisso com a sociedade. O evento, conta a gerente do Programa Social Pescar, Silvia Ramirez, teve a participação de grande parte dos 53 voluntários, muitos familiares, colaboradores, diretoria, apoiadores da Unidade, incluindo o representantes da Secretaria de Educação e da Assistência Social. No depoimento de egresso, um jovem capacitado em 2006, que hoje é engenheiro na empresa, contou a sua trajetória a partir do Projeto Pescar, mostrando os resultados da formação socioprofissionalizante.

Para Iara Paolani, gerente de Recursos Humanos da Metso, o projeto permite que a empresa, direta e indiretamente impulsione o desenvolvimento sustentável da sociedade e mais especificamente das comunidades onde atuamos: “Temos muito orgulho em saber que os jovens que estiveram conosco estão hoje ativos no mercado de trabalho. Entendemos que existem muitas formas de contribuir para o desenvolvimento do país e o Projeto Pescar é uma destas maneiras. Além disso, é importante acrescentar, que estas ações trazem benefícios para a própria empresa em muitos aspectos como formação de novos profissionais qualificados, orgulho por parte dos funcionários em pertencer à organização, aumento da competitividade diante de uma marca mais fortalecida e claro, operações realizadas em uma sociedade econômica e socialmente sustentável.”

Jovens da 5ª turma da Unidade Terreos encerraram o curso de Iniciação Profissional em Logística em dezembro

Dezenove jovens, com idades entre 16 e 19 anos, concluíram em dezembro (13), mais uma edição do Projeto Pescar, realizado pela Tereos Açúcar & Energia Brasil em parceria com a Fundação Pescar. O programa de formação é gratuito e ofereceu o curso de Iniciação Profissional em Logística.

As atividades tiveram como voluntários colaboradores da empresa, que também prepararam os adolescentes sobre como se portar no ambiente profissional. Cerca de 150 funcionários de todas as áreas da companhia estão envolvidos no projeto, que já está em sua quinta edição.

Segundo Rui Carvalho, gerente de Desenvolvimento Humano e Organizacional da Tereos, o Projeto Pescar busca desenvolver as competências pessoais e profissionais de jovens em situação de vulnerabilidade social, visando sua inserção, manutenção e ascensão no mundo profissional.

Cada jovem tem jornada com carga semanal de 30 horas e fica um total de 11 meses na empresa, podendo atuar em vários setores. As atividades contemplam conteúdos relacionado à formação profissional e pessoal, além de bolsa-salário, vale-alimentação, transporte e atendimento odontológico na empresa.certificação

Entre os formandos está Raieni da Silva Lagedo, de 18 anos. Ela finalizou o curso já com a notícia de que foi contratada para atuar no setor financeiro da Tereos. “Foi uma emoção muito grande”, revela Raieni. A estudante conta ainda que está muito satisfeita com o resultado da formação. “No início, eu fiquei um pouco apreensiva, mas os educadores se mostraram sempre dispostos a me ajudar.  Sempre nos estimularam, deram dicas do que poderíamos usar no nosso dia a dia. Foi um grande aprendizado”, conta ela.

José Lucas Batista, de 19 anos, também integrou a turma e avalia que o projeto foi muito importante para a sua vida. “Antes, eu não tive grandes experiências que agregaram na minha formação profissional, não tinha muita expectativa de trabalho, nem de cursar faculdade. Quando entrei no Pescar, enxerguei muitas oportunidades, de querer fazer um curso superior e estudar inglês. Hoje, sei que quero fazer Agronomia e já estou buscando uma vaga no curso”, conta o estudante.

O projeto foi implantado na Tereos em 2013 e, durante esse período, 100 jovens das cidades de Olímpia e Severínia já foram beneficiados.

Fonte: Olímpia 24h

 

Egressos da Emerson voltam para dar aula como voluntários

Nesta sexta-feira (8/12), os jovens da Unidade Projeto Pescar Emerson, em Sorocaba/SP, receberam a visita de egressos da turma 2016/2017. Os ex-alunos apresentaram uma aula sobre o tema “Preconceito”, sendo este um tema que já haviam desenvolvido durante a sua participação no Projeto Pescar.

Os jovens fizeram uma aula expositiva, um jogo de perguntas e respostas além de dinâmica de grupo como forma de sensibilizar os alunos para o tema.

“Apesar de vivermos um momento em que o tema é muito comentado nas redes sociais e mídias em geral, ainda se faz necessário abrirmos espaço para as pessoas falarem sobre suas experiências pessoais. Precisamos despertar na sociedade a sensibilidade de que preconceito ainda existe e faz parte do viés inconsciente das pessoas, mas que nem por isso é menos dolorido para quem vive esta experiência. Falar sobre o assunto pode ser uma forma de fortalecer-se e lutar contra ele.” Afirmou Vanessa Miranda, Educadora do Projeto Pescar Emerson.

Os egressos que participaram do encontro foram: Caio César Oliveira dos Santos, Cássia Silva Martins e Letícia dos Santos Dantas.20171208_102010 20171208_121741 20171208_122708

Turma da Kimberly-Clark promove Círculos de Construção de Paz na apresentação da turma

A Unidade Kimberly-Clark, em Suzano/SP, surpreendeu os participantes da apresentação da 5ª turma . Os jovens, conta a coordenadora da Fundação Projeto Pescar, Cristiane Difini, explicaram a origem e o objetivo dos Círculos de Construção de Paz a partir de uma vivência do grupo: “Eles fizeram toda a formação, que é usada na prevenção e na transformação de conflitos, se apresentaram e falaram um pouco sobre as suas histórias. Foi muito comovente.”

Cristiane destaca ainda o depoimento da mãe da jovem Vitória: “Ela parabenizou a todos pela oportunidade e elogiou os jovens pela coragem dizendo que os círculos possibilitam partilha, escuta e uma possibilidade deles vencerem o passado difícil e construírem algo novo e muito especial em suas vidas.”88f67ce2-eaf1-4dd9-a828-4b0b564437c4

effd3cc9-390a-4474-9f82-bbf86a9a8f7f

5329b984-c4b3-48b1-bf39-3eb9d732b86c

Jovens usam redes sociais para falar do Encontro de Jovens

Os  jovens, educadores sociais e voluntários usaram as redes sociais para divulgarem a sua satisfação com a participação no Encontro de Jovens. O evento é promovido anualmente pela Fundação Projeto Pescar, com o objetivo de trocar experiências entre as turmas e exercitar o que elas aprendem nos cursos de Iniciação Profissional.

Caxias do Sul/RS – Na Unidade Projeto Pescar Intral, o educador social Giorgio Olivieri, dividiu os jovens em grupos para escreverem um agradecimento. O resultado foi tão bom, que publicou todos na página da Unidade. Abaixo, dois deles:

” Nós da Unidade Intral gostaríamos de agradecer e parabenizar aos organizadores e voluntários da Fundação Projeto Pescar, por realizarem o Encontro de Jovens das Unidades da Regional Serra. Obrigada por nos proporcionarem um encontro com novas pessoas e a oportunidade de interagirmos com atividades que não sejam o uso de celular.”

“Agradecemos à Fundação Projeto Pescar pelas diversas atividades, principalmente o rale-duro, a tirolesa e o arvorismo, que são atividades completamente diferentes e que nos encorajam a deixar o  nosso medo para trás. Também achei legal que todos nós nos ajudamos bastante na hora de passar pelos obstáculos, interagimos com pessoas que não conhecemos e realizamos atividades perigosas com segurança. A Palavra da Vida é um lugar muito bom de ir para se divertir e para fazer novas amizades.”

Parauapebas/PA – A integração e o pertencimento ao Projeto Pescar, estão presentes em cada post dos jovens. No Laboratório Aliança o sentimento de família:3

Mais comentários dos jovens da Rede Projeto Pescar:

4

Regional Interior RS – A educadora social, Carla Marcarini, usou o facebook para agradecer o apoio dos voluntários no evento:
carla marcarini

Quer saber mais? Vai na #encontrojovensprojetopescar

Para a Supervisora de Unidade, Raquel Amaral, o Encontro das Regionais Serra e Interior RS, foi excelente, pois o dia estava lindo e os jovens aproveitaram bastante: “Eles se integraram, gostaram muito das atividades, foram bastante respeitosos e estavam dispostos a nos ouvir nos momentos em que precisamos reforçar as regras, então foi muito positivo ver o resultado do trabalho realizado nas Unidades através do comportamento e da postura dos jovens durante o evento.”

 

ZF é Anfitriã do Encontro de Jovens da Regional Metropolitana SP

O Encontro de Jovens foi um momento único, pois tivemos a oportunidade de interagir com jovens de outras Unidades do Projeto Pescar. Com isso, trocamos experiências e nos divertimos com as atividades.
Em relação a nossa apresentação, tudo foi resultado da dedicação e colaboração de todos nós, onde exibimos aos demais jovens, uma mistura de dança com um curta-metragem que representava a manufatura, simulando a montagem de um trator.
Agradecemos pela recepção da ZF do Brasil e a contribuição das outras unidades, que fizeram desse encontro inesquecível”.
9ª turma da AGCO, em Mogi das Cruzes/SP

O depoimento da Unidade Projeto Pescar AGCO mostra o quanto o Encontro de Jovens da Regional Metropolitana SP atingiu o objetivo de oportunizar um espaço de encontro, para que os jovens pudessem compartilhar seus conhecimentos e experiências na prática da cidadania.

Para a coordenadora do Programa Social Pescar, Cristiane Difini, este evento é um momento muito especial para todos os envolvidos, em especial para os jovens: “É a oportunidade de colocar em prática todos os aprendizados adquiridos até então nas Unidades, proporcionar uma espaço para os jovens se vincularem com adolescentes de outras regiões e para as turmas terem uma dimensão maior da Rede Pescar. Ele fortalece os jovens e a nossa causa como um todo”, explica.

Nesta edição, os jovens iniciaram a programação com um circuito de atividades cooperativas. À tarde, as Unidades preparam uma apresentação da turma de até 5 minutos, com a temática do ano: “Atitudes que inspiram, envolvem e transformam”. Após, foram realizadas atividades recreativas de amigo secreto e música.

No vídeo abaixo, trecho produzido pela Unidade Kimberly-Clark, em Suzano/SP.

Veja as fotos: aqui

 

 

 

 

 

 

 

 

Jovens da AGCO realizam treinamento para os colaboradores em Mogi das Cruzes/SP

Os jovens da Unidade Projeto Pescar AGCO, em Mogi das Cruzes/SP, ministraram um treinamento para colaboradores e convidados da empresa, com o tema “Como se Aprende”. O objetivo desta atividade, explica a educadora social, Cintia Farias, foi criar sinergia entre os jovens para descobrir o potencial de cada um e, em seguida, despertar o potencial da equipe: “ Durante as aulas de Comunicação – Liderança, os jovens foram instigados pelo voluntário Bruno Santana a desenvolver uma consultoria fictícia especializada em treinamentos e colocar em prática todos os conhecimentos obtidos durante o período de aprendizagem em sala de aula.”

Assim nasceu a Consultoria Especializada em Treinamento de Aprendizagem – CETAP, uma empresa fictícia dentro do Projeto Pescar. Todas as atividades foram  organizadas com a orientação do voluntário Bruno e da educadora Cíntia. O evento contou com o apoio de parcerias que foram estabelecidas pelos jovens com algumas áreas, tais como AGCO SISU Power, GR SA, Solda Cabine, Recursos Humanos e a empresa parceira RC Visual.

Bruno Santana, voluntário do projeto, se mostrou muito contente com o resultado. “Fiquei muito satisfeito com o trabalho apresentado pela turma do Projeto Pescar. Sem dúvida, foi uma verdadeira aula de qualidade e profissionalismo.”

Para a 9ª turma da Unidade Projeto Pescar AGCO, a experiência foi gratificante: “Ficamos orgulhosos pelo trabalho realizado e esperamos que o treinamento tenha atendido as expectativas do público. Gostaríamos de agradecer a presença de todos que vieram nos prestigiar, pois o apoio dos envolvidos foi essencial para realização do treinamento”.

Projeto Pescar promove Encontros de Jovens em SC, PR, SP e RS

A partir da próxima sexta-feira (29), começam os Encontros de Jovens, eventos realizados pela Fundação Projeto Pescar. A programação segue por todo o mês de outubro, realizando atividades nos estados onde há unidades do Projeto Pescar.

Os encontros visam integrar os cerca de 1600 jovens que participam dos projetos socioprofissionalizantes da fundação. Assim, eles podem trocar experiências, conhecer gente nova, se divertir e exercitar o que aprenderam no Projeto Pescar. As atividades são coordenadas por Supervisores de Unidade, Educadores Sociais, Voluntários e Parceiros.

Cada estado tem um local de encontro para os jovens. Os catarinenses vão se reunir em Pomerode, na Associação da Porcelana Schmidt, dia 29 de setembro. A coordenadora do Programa Social Pescar em Santa Catarina, Josiane Kohls, afirma que “o motivo principal do encontro é oportunizar que os jovens tenham a dimensão concreta da Rede Pescar, se integrem com outras unidades e conheçam a diversidade cultural do estado”.

Edição de 2016, no município de Morungava/RS, no Palavra da Vida Sul

Edição de 2016, no município de GRavataí/RS, no Palavra da Vida Sul

As unidades do Paraná farão seu encontro no dia 6 de outubro em Jaguariaíva.

Os paulistas se reúnem em duas ocasiões, a primeira será em Sorocaba, na unidade ZF, no dia 6 de outubro. A segunda será em São José do Rio Preto, no dia 20 de outubro, no Instituto Alarme.

Nos dias 17 e 20 é a vez dos gaúchos se reunirem no município de Gravataí, no Palavra da Vida Sul, incluindo no circuito de atividades o “Pescando Sorrisos” , em parceria com a Associação Brasileira de Odontologia – ABO.

As unidades do Rio de Janeiro se encontram na segunda quinzena de outubro, data a definir. As unidades dos estados do Ceará, Goiás, Pará, Pernambuco e Tocantins terão atividades especiais em cada município, também na segunda quinzena.

Citrosuco apresenta os jovens do Projeto Pescar para a comunidade de Catanduva/SP

A Unidade Projeto Pescar Citrosuco, em Catanduva/SP, escolheu o tema “Adolescência: a metamorfose do ser humano”, para o evento de apresentação da turma. O objetivo, explica a educadora social, Renata Sanches, foi o de sensibilizar as pessoas, para esta fase da vida dos jovens e as dificuldades enfrentadas para inserir-se no mercado de trabalho.

Os participantes do evento foram recebidos com fitas verde e amarelo, fazendo alusão ao setembro amarelo, mês de prevenção ao suicídio. Duas jovens ficaram encarregadas de explicar o assunto para os convidados, incluindo outros temas abordados pela turma, durante a Semana do Pescar na Organização, como o Programa Para Todos, de inclusão de pessoas com deficiência na Citrosuco. 

A apresentação da turma ocorreu na última semana (13/09) e contou com a presença de diretores das escolas dos jovens, CMDCA, COMAS e CRAS, vereadores, empresários, parceiros, voluntários internos e externos, gestores das áreas da empresa e egressos.

Unidade Projeto Pescar Eurobike promove “Fórum Estudantil” em Ribeirão Preto/SP

A Unidade Projeto Pescar Eurobike, entidades de assistência social e instituições de ensino estão promovendo um “Fórum Estudantil” em Ribeirão Preto/SP. De 11 à 15 de setembro, a turma irá voltar os olhos para  a juventude do município através do desenvolvimento de ações simultâneas, como palestras e oficinas de capacitação voltadas para a empregabilidade.

Estão previstos, atividades como: elaboração de currículos, testes vocacionais e de competências, guia de profissões e carreiras, simulações de entrevistas, processos seletivos, dinâmicas, planos de carreiras, planos de vida e metas, postura profissional, entre outros temas relacionados. Mais informações: aqui

eae6b113-f1ed-4259-95f7-1ce95095768a607bed83-ac6a-48b0-b56b-198dca0fd30b