Unidade Banrisul é campeã da 1ª Gincana Cidadã Porto-alegrense

Os jovens da Unidade Banrisul foram os campeões da 1ª Gincana Cidadã Porto-alegrense, promovida pelo  Grupo de Educação Fiscal do Estado do Rio Grande do Sul (GEFE). Os 20 adolescentes concorreram com escolas com mais de mil alunos e demonstraram na prática uma das competências do Projeto Pescar: trabalhar em produzir em equipe.

Em dezembro, os jovens e a Unidade receberam prêmios, como notebooks, tablets, celulares e vídeo-games

Durante a competição a turma precisou se unir em torno do mesmo objetivo para ir cumprindo as diferentes etapas. Logo no início, os jovens mostraram para a comunidade, voluntários e familiares a importância de comprar com a nota fiscal e como consequência, incentivaram o cadastro da Fundação Projeto Pescar como beneficiária dos tributos do Nota Fiscal Gaúcha (programa que conscientiza os cidadãos sobre a importância social do tributo).

Quando foram desafiados a conservar um bem público sugeriram a revitalização da praça do Colégio Estadual Odila Gay Da Fonseca, uma escola da região. Além de voluntários, familiares se sensibilizaram com a atitude da turma e se uniram ao grupo para conseguirem doações de tintas, madeiras, mudas de flores e outros itens, limpando o local, plantando grama, pintando e entregando um ambiente mais agradável para as atividades de lazer das crianças.

Uma das provas foi a produção de redações reconhecendo a importância do professor no ensino da educação fiscal. Eles também arrecadaram material reciclável, venderam e doaram o valor para uma instituição; e se envolveram na divulgação nas redes sociais de todas as ações realizadas ao longo da gincana, com um grande número de curtidas, comentários e mais de 800 compartilhamentos.

Entrega do troféu foi um momento de celebração para a turma

Para o auditor-fiscal e coordenador do GEFE/RS, Randal Guimarães, quando as crianças e jovens percebem que a participação deles pode mudar o mundo, eles passam a ser protagonistas da mudança.

“É gratificante ver esses adolescentes se tornarem adultos e trabalharem em prol de uma sociedade melhor. O reconhecimento da importância social do tributo para o financiamento das políticas públicas e o desenvolvimento da consciência cidadã são os grandes legados dessa atividade.”

Mais informações: aqui